Datas:

  - Dezembro

  - Novembro





  - Outubro

  - Setembro

  - Agosto

ARQUIVO NOTICIAS

   
--------------------------------------------------------------------
----------------------------------------------------------------

 

--------------------------------------------------------------------
 

INFORMA��O TRIMESTRAL N.� 1 / 2013

JF CANIDELO - INFORMA��O TRIMESTRAL N.� 1

CLIQUE P.F. IMAGEM

 

PRESTAÇÃO DE CONTAS - 2012

JF CANIDELO - RELAT�RIO E CONTAS 2012

CLIQUE P.F. IMAGEM


 

 

 
 
   

ASSEMBLEIA DE FREGUESIA

Sess�o Ordin�ria

20 de Dezembro de 2012
(
Quinta-Feira), pelas 21,00 horas

Edif�cio sede da Junta de Freguesia

ORDEM DE TRABALHOS

1. Interven��o do P�blico
2. Per�odo de Antes da Ordem do Dia
3. Ordem do Dia

   a) Discuss�o e vota��o das actas das sess�es anteriores (*)

   b) Discuss�o e vota��o das Op��es do Plano e Or�amento para 2013

4. Informa��o do Presidente do Executivo

 

 

 VACINA��O ANTIRR�BICA
CALEND�RIO DO SERVI�O OFICIAL

clique p.f. na imagem

 

 

 

 

 
 
 
 

ASSEMBLEIA DE FREGUESIA

Sess�o Ordin�ria

26 de Abril de 2012
(
Quinta-Feira), pelas 21,00 horas

Edif�cio sede da Junta de Freguesia

ORDEM DE TRABALHOS

1. Interven��o do P�blico
2. Per�odo de Antes da Ordem do Dia
3. Ordem do Dia

   a) Discuss�o e vota��o das actas das sess�es anteriores (*)

   b) Tomar conhecimento das declara��es previstas nas al�neas a) e b) do n�. 1 do art�. 15 da Lei n�. 8/2012, de 21 de fevereiro;

   c) Discuss�o e vota��o do Relat�rio de Gest�o e Conta de Ger�ncia de 2011;

   d) Discuss�o e vota��o da 1� Revis�o das Grandes Op��es do Plano e do Or�amento para o ano de 2012;

   e) Aprecia��o e avalia��o do Invent�rio

4. Informa��o do Presidente do Executivo

 

PROCEDIMENTO CONCURSAL

 

Est�o dispon�veis as listas de Classifica��o referente ao seguinte procedimento concursal:

- 1 T�cnico Superior (Psicologia)

 
     

1 AGO 2011

   

   

VER AQUI A LISTA COMPLETA DE CANIDELO

Nos termos da al�nea b) do n.º 5 do art. 33� da Lei n.� 58/2005 de 29/12, os propriet�rios ou possuidores de parcelas de leitos e margens de linhas de �gua, nas frentes particulares e fora dos aglomerados urbanos s�o obrigados, sob orienta��o da ARH do Norte I.P., a:

a) manter o seu bom estado de conserva��o, procedendo �  sua limpeza e desobstru��o;
b) proceder �  corre��o dos efeitos da eros�o, transporte e dep�sito de sedimentos, designadamente ao n�vel da corre��o torrencial

Nestas condi��es todos os propriet�rios e confinantes de cursos de �guas p�blicas da freguesia de Canidelo. abrangidos por estas disposi��es. s�o notificados a procederem at� 30 de Setembro de cada ano:

a) �  limpeza e desobstru��o do leito e das margens da corrente e �  retirada de materiais acumulados que poder�o ser utilizados para refor�o das margens;
b) ao corte de ramos de arrvores e arbustos existentes que estejam pendentes para o leito;
c) ao corte de arvores e arbustos existentes no leito e em obstru��o �  corrente.


aqui o edital completo com todas as instru��es 

 
 

PROCEDIMENTO CONCURSAL

Est� dispon�vel a lista de Classifica��o referente ao seguinte procedimento concursal:

-�1 T�cnico Superior (Psicologia)

-
Lista Ordena��o Final

 

Locais de voto para a elei��o do Presidente da Rep�blica a 23 de Janeiro de 2011

Para mais pormenores sobre as diferentes fases deste processo eleitoral consulte -  www.dgai.mai.gov.pt 

ASSEMBLEIA DE FREGUESIA

Sess�o Ordin�ria

28 de Dezembro de 2010
(
Ter�a-Feira), pelas 21,00 horas

Edif�cio sede da Junta de Freguesia

ORDEM DE TRABALHOS

1. Interven��o do P�blico
2. Per�odo de Antes da Ordem do Dia
3. Ordem do Dia

   a) Discuss�o e vota��o das actas das sess�es anteriores (*)

   b) Discuss�o e vota��o das Op��es do Plano e Or�amento para 2011

4. Informa��o do Presidente do Executivo

 

 

ASSEMBLEIA DE FREGUESIA

Sess�o Ordin�ria

28 de Junho de 2010
(
Segunda-Feira), pelas 21,00 horas

Edif�cio sede da Junta de Freguesia

ORDEM DE TRABALHOS

1. Interven��o do P�blico
2. Per�odo de Antes da Ordem do Dia
3. Ordem do Dia
  
a) Discuss�o e vota��o das actas das sess�es anteriores

4 Informa��o do Presidente do Executivo

PROCEDIMENTO CONCURSAL

Est�o dispon�veis as listas�de Classifica��o referente ao seguinte procedimento concursal:

-�1 T�cnico Superior (Psicologia)

- Lista Avalia��o Compet�ncias
- Lista Classifica��o Avalia��o Curricular
- Lista -Entrevista Profissional Selec��o

ABATE DE �RVORES

Fernando Jorge Dias Andrade, Presidente da Junta de Freguesia de Canidelo, de acordo com o estabelecido pela Lei 169/99 de 18 de Setembro, com as altera��es introduzidas pela Lei 5-A/2002 de 11 de Janeiro, faz saber que nos pr�ximos dias ir� ser efectuado, sob a direc��o t�cnica do Parque Biol�gico, EEM., o abate das �rvores do Adro da Igreja e do Jardim do Meiral.

Mais informa que tal delibera��o decorre da an�lise efectuada e a posterior conclus�o de que as diversas esp�cies constituem um eminente perigo para pessoas e bens.

Canidelo, 10 de Mar�o de 2010

O Presidente da Junta
Fernando Andrade

RECENSEAMENTO ELEITORAL � CONSULTA ANUAL DOS CADERNOS

Fernando Jorge Dias Andrade, Presidente da Junta de Freguesia de Canidelo, de acordo com o estabelecido pela Lei 169/99, de 18 de Setembro, com as altera��es introduzidas pela Lei 5-A/2002, de 11 de Janeiro, e do art.� 56.� da Lei n.� 13/99, de 22 de Mar�o, faz saber que os cadernos de recenseamento estar�o expostos publicamente na sede da Junta de Freguesia, durante o m�s de Mar�o, para consulta e reclama��o dos interessados, no hor�rio de funcionamento dos servi�os administrativos da autarquia. 


Canidelo, 28 de Fevereiro de 2010

O Presidente da Junta
Fernando Andrade

ASSEMBLEIA DE FREGUESIA

Sess�o Ordin�ria (3.� reuni�o)

18 de Fevereiro de 2010
(
Quinta-Feira), pelas 21,00 horas

Edif�cio sede da Junta de Freguesia

ORDEM DE TRABALHOS

1. Interven��o do P�blico
2. Per�odo de Antes da Ordem do Dia
3. Ordem do Dia

   a) Discuss�o e vota��o das actas das sess�es anteriores (*)

   b) Discuss�o e vota��o do Regimento da Assembleia de Freguesia

 

CONVITE � POPULA��O

Fernando Jorge Dias Andrade, Presidente da Junta da Freguesia de Canidelo e o Padre Jos� Maneiro, Administrador Paroquial da Par�quia de Sto. Andr� de Canidelo, t�m o prazer de convidar todos os Canidelenses a associarem-se � visita oficial � Freguesia do Snr. Bispo do Porto, D. Manuel Clemente, a decorrer de 19 a 21 de Fevereiro, de acordo com programa detalhado.

Assinatura do Protocolo entre a C�mara Municipal de Gaia e o Golfe da Quinta do Fojo

AVISO

Est� aberto o procedimento concursal comum na modalidade de rela��o jur�dica de emprego p�blico por tempo determinado � termo resolutivo certo, pelo prazo de 1 ano, para preenchimento de um posto de trabalho na categoria de T�cnico Superior da carreira geral de T�cnico Superior

Aviso Completo

Ficha de Candidatura

O Agrupamento 1162 - Canidelo, juntamente com a Junta de Freguesia de Canidelo e a Sociedade de S�o Vicente Paulo; est� a desenvolver este Natal uma campanha de angaria��o de alimentos para as fam�lias mais carenciadas da nossa freguesia.

CONCESS�O DO DIREITO DE EXPLORA��O DO BAR, RESTAURANTE E MINIMERCADO DO
PARQUE DE CAMPISMO DE SALGUEIROS

EDITAL

Fernando Jorge Dias Andrade, Presidente da Junta de Freguesia de Canidelo, em cumprimento da delibera��o tomada por esta Junta de Freguesia em reuni�o realizada aos quatro dias do m�s de Novembro do ano de dois mil e nove, faz saber:

1. Encontra-se aberto concurso p�blico para a CONCESS�O DO DIREITO DE EXPLORA��O DO BAR, RESTAURANTE E MINIMERCADO DO PARQUE DE CAMPISMO DE SALGUEIROS

� Pre�o base anual: 6.500,00� 
(seis mil e quinhentos euros) acrescido de IVA.


COMUNICADO

Assunto 
 Requalifica��o da Rua da B�lgica 

Ler aqui a Circular

RESULTADOS 

 

07 Junho 2009 

Mesas de voto 

Festas de Canidelo



Dia 10
15h-21h - workshop "Rastreios v�rios" pelos Bombeiros Volunt�rios de Coimbr�es;
21h30 - Rancho Folc. de Canidelo e Rancho Folc. de Folgosa da Maia.

AVISO - Concurso P�blico

Torna-se publico que, por delibera��o do Executivo da Junta de Freguesia de Canidelo de 28 de Abril de 2009, � aberto concurso para o preenchimento de tr�s lugares de Assistente Operacional da carreira de assistente operacional, para o exerc�cio de fun��es administrativas no Parque de Campismo de Salgueiros, sito na Rua do Campismo, n� 263, Canidelo, Vila Nova de Gaia em regime de contrato individual de trabalho a termo resolutivo certo de 5 meses e com a retribui��o mensal de 450,00�.

Os candidatos dever�o possuir o n�vel habilitacional do 12� ano de escolaridade; conhecimentos de ingl�s e franc�s falado e escrito; conhecimentos de inform�tica na �ptica do utilizador; o n�vel habitacional exigido poder� substituir-se por forma��o profissional correspondente ou experi�ncia profissional relevante.

As candidaturas dever�o ser apresentadas atrav�s de requerimento, a enviar no prazo de 10 dias �teis a contar de 18/05/2009, data da publica��o do Aviso no DR II S�rie, n�. 95.

Canidelo, 18 de Maio de 2009

O Presidente da Junta
Fernando Andrade

REQUERIMENTO

AVISO - Concurso P�blico

Torna-se publico que, por delibera��o do Executivo da Junta de Freguesia de Canidelo de 28 de Abril de 2009, � aberto concurso para o preenchimento de um lugar de Assistente Operacional da carreira de assistente operacional, para o exerc�cio de fun��es limpeza de instala��es no Parque de Campismo de Salgueiros, sito na Rua do Campismo, n� 263, Canidelo, Vila Nova de Gaia em regime de contrato individual de trabalho a termo resolutivo certo de 5 meses e com a retribui��o mensal de 450,00�.

REQUERIMENTO

 

FREGUESIA DE CANIDELO  

AN�NCIO  

ADMITE PARA CONTRATO A TERMO RESOLUTIVO CERTO PELO PRAZO DE 12 MESES  

 

3 � COVEIROS

EXIGE-SE � escolaridade obrigat�ria

OFERECE-SE � Vencimento: 426,00 � (sal�rio m�nimo nacional)

M�TODO DE SELEC��O � Entrevista Profissional de Selec��o Oral

CRIT�RIO OBJECTIVOS DE SELEC��O � Entrevista Profissional de Selec��o Oral pontuada de 0 a 20 valores � visa avaliar numa rela��o interpessoal e de forma objectiva e sistem�tica, as aptid�es profissionais e pessoais dos candidatos em fun��o das exig�ncias do cargo a desempenhar. Na entrevista oral s�o tidos em conta os seguintes par�metros de avalia��o. Rela��o interpessoal, Motiva��o, Express�o e Flu�ncia Verbal e Qualidade de Experi�ncia Profissional.

FUN��ES A DESEMPENHAR � Servi�os inerentes �s fun��es a desempenhar (procede � abertura e aterro de sepulturas, ao dep�sito e ao levantamento dos restos mortais e cuida do sector do cemit�rio que lhe est� atribu�do).

(...)Os interessados dever�o dirigir-se � Secretaria da Junta de Freguesia munidos do Bilhete de Identidade, Certificado de Habilita��es, Cart�o de Contribuinte e solicitar requerimento-tipo (poder� ser obtido no site www.canidelo.net � requerimentos). As inscri��es ser�o efectuadas nos cinco dias �teis ap�s a publica��o do respectivo an�ncio.

Canidelo, 06 de Novembro de 2008  

O Presidente da Junta  

a)Fernando Andrade

Gabinete de prescri��o de 
actividade f�sica


Eu tenho �Osteoporose�, posso fazer exerc�cio f�sico? 

Com a minha �Asma�, posso praticar actividade f�sica? 

Eu tenho problemas �Cardiovasculares�, que exerc�cio f�sico devo fazer? 

Isto s�o meros exemplos das d�vidas que poder� esclarecer no novo servi�o

Servi�os Sociais da Freguesia
Rua da B�lgica, 1825
 

Quartas � Feiras
9.00 �s 12.30 horas

CENTRO DE SA�DE DE CANIDELO


Encontram-se abertas, na secretaria do 1.� piso do Centro de Sa�de de Bar�o do Corvo,
as pr�-inscri��es para utentes do futuro Centro de Sa�de de Canidelo.

Mais informa que se encontra constitu�da a primeira Unidade de Sa�de Familiar � Unidade de Sa�de Familiar Sto. Andr� de Canidelo.

Ver Edital

FREGUESIA DE CANIDELO  

AN�NCIO  

ADMITE PARA CONTRATO A TERMO RESOLUTIVO CERTO PELO PRAZO DE 5 MESES  

1 � AUXILIAR DE SERVI�OS GERAIS

EXIGE-SE � escolaridade obrigat�ria

OFERECE-SE � Vencimento: 426,00 � (sal�rio m�nimo nacional)

METODO DE SELEC��O � Entrevista Profissional de Selec��o Oral

CRIT�RIO OBJECTIVOS DE SELEC��O � Entrevista Profissional de Selec��o Oral pontuada de 0 a 20 valores � visa avaliar numa rela��o interpessoal e de forma objectiva e sistem�tica, as aptid�es profissionais e pessoais dos candidatos em fun��o das exig�ncias do cargo a desempenhar. Na entrevista oral s�o tidos em conta os seguintes par�metros de avalia��o. Rela��o interpessoal, Motiva��o, Express�o e Flu�ncia Verbal e Qualidade de Experi�ncia Profissional.

FUN��ES A DESEMPENHAR � Servi�os inerentes �s fun��es a desempenhar.

O trabalhador(a) ser� admitido por contrato de trabalho a termo resolutivo certo, fundamentado na al�nea h) do n.� 1, do artigo 9.�, da lei n.� 23/2004, de 22 de Junho, para ocorrer � necessidade de aumento tempor�rio de servi�o � �poca alta do Parque de Campismo.

Dado cumprimento ao Despacho Conjunto n.� 373/2000, de 1 de Mar�o, do Ministro da Reforma do Estado e da Administra��o P�blica e da Ministra da Igualdade, declara-se que, em cumprimento das al�neas h) do art.� 9.� da Constitui��o, a Administra��o P�blica, enquanto entidade empregadora, promove activamente uma pol�tica de igualdade de oportunidades entre homens e mulheres no acesso ao emprego e na progress�o profissional providenciando escrupulosamente no sentido de evitar toda e qualquer forma de discrimina��o.

Os candidatos com defici�ncia, com um grau de incapacidade igual ou superior a 60%, prefer�ncia em caso de igualdade de classifica��o, conforme D. L. n.� 29/01)

Os interessados dever�o dirigir-se � Secretaria da Junta de Freguesia munidos do Bilhete de Identidade, Certificado de Habilita��es, Cart�o de Contribuinte e solicitar requerimento-tipo. As inscri��es ser�o efectuadas nos cinco dias �teis ap�s a publica��o do respectivo an�ncio.

Canidelo, 16 de Maio de 2008  

O Presidente da Junta
a)Fernando Andrade


ASSEMBLEIA DE FREGUESIA DE CANIDELO  

EDITAL

RUI TEIXEIRA ALVES, Dr., Presidente da Assembleia de Freguesia de Canidelo, nos termos do n� 3 do art� 84 da Lei n�. 169/99, de 18/09, com as altera��es dadas pela Lei n� 5-A/2002, de 11/01, FAZ SABER que se realiza a Sess�o Ordin�ria da Assembleia de Freguesia, no pr�ximo dia 27 de Junho de 2008 (Sexta-Feira), pelas 21,00 horas na sede da Associa��o Recreativa de Canidelense, sita na Rua do Viso, 537, e com a seguinte


ORDEM DE TRABALHOS

1. Interven��o do P�blico
2. Per�odo de Antes da Ordem do Dia
3. Ordem do Dia
a) Discuss�o e vota��o das actas das sess�es anteriores (*)
4. Informa��o do Presidente do Executivo


(*) � Este ponto poder� ser apreciado em todas as reuni�es


Canidelo, 2008/Junho/16

O PRESIDENTE DA ASSEMBLEIA DE FREGUESIA

a) Rui Teixeira Alves, Dr.

RECENSEAMENTO ELEITORAL


CONSULTA ANUAL DOS CADERNOS  

Fernando Jorge Dias Andrade, Presidente da Junta de Freguesia de Canidelo , de acordo com o estabelecido pela Lei 169/99, de 18 de Setembro, com as altera��es introduzidas pela Lei 5-A/2002, de 11 de Janeiro, e do art.� 56.� da Lei n.� 13/99, de 22 de Mar�o, faz saber que os cadernos de recenseamento estar�o expostos publicamente na sede da Junta de Freguesia, durante o m�s de Mar�o, para consulta e reclama��o dos interessados, no hor�rio de funcionamento dos servi�os administrativos da autarquia.

Canidelo, 29 de Fevereiro de 2008

4.� Trimestre 2007 Informa��o

 

Documento

 



Mod. 3 / 2007
 

Declara��es enviadas pela Internet 

  • 10 de Mar�o at� 15 de Abril 
    exclusivamente rendimentos das categorias A e H
     

  • 16 de Abril at� 26 de Maio
    nos restantes casos
     

A SUA JUNTA DE FREGUESIA COLABORA NO SEU ENVIO 

Servi�os Administrativos da Autarquia 

2.� a 6.� feira 
09.00 / 12.30
14.00 / 17.30 horas

1.� Trimestre 2007 - Informa��o

    

Documento

 

Foi domingo inaugurado o novo sint�tico do Complexo Desportivo Manuel Marques Gomes, com muita gente nas bancadas para assistir � concretiza��o de um sonho antigo e que poder� dar novo impulso ao Sporting Clube de Canidelo.

   CAN�DEOS  

4.� Trimestre - Informa��o

    


Documento









DECLARA��O BAIXA 
C�ES DE GUARDA 
TRANSF PROPRIEDADE 

 11 de Fevereiro - Referendo 

Actualiza��o do recenseamento suspende-se no 60� dia que antecede o referendo, convocado para o dia 11-Fevereiro-2007

 

 

 

 

 

 

OFERTA  P�BLICA  EMPREGO

    


1 GESTOR 
 PARQUE DE CAMPISMO DE SALGUEIROS

ASSEMBLEIA DE FREGUESIA
EDITAL
 

RUI TEIXEIRA ALVES, Dr., Presidente da Assembleia de Freguesia de Canidelo, nos termos do n� 3 do art� 84 da Lei n�. 169/99, de 18/09, com as altera��es dadas pela Lei n� 5-A/2002, de 11/01, FAZ SABER que se realiza a 2� reuni�o da Sess�o Ordin�ria da Assembleia de Freguesia, iniciada a 26 de Dezembro de 2006, no pr�ximo dia 12 de Janeiro de 2007, pelas 21,00 horas no edif�cio sede da Junta de Freguesia e com a seguinte  

ORDEM DE TRABALHOS

1. Interven��o do P�blico
2. Per�odo de Antes da Ordem do Dia
3.
Ordem do Dia
   
a)   Discuss�o e vota��o das actas das sess�es anteriores (*)
    b)  
An�lise, discuss�o e vota��o da proposta do Executivo de altera��o das taxas de:
       - Secretaria
       - Cemit�rio
       - Campismo
    c)  
Discuss�o e vota��o das Op��es do Plano e Or�amento para o ano de 2007
4.   
Informa��o do Presidente do Executivo  

(*) � Este ponto poder� ser apreciado em todas as reuni�es  

Canidelo, 2007/Janeiro/05  

O PRESIDENTE DA ASSEMBLEIA DE FREGUESIA  

a) Rui Teixeira Alves, Dr.

  Requalifica��o das Ruas


Requalifica��o das Ruas do Viso e 
Ant�nio Ferreira Braga J�nior
 

Caro Morador  

Ultrapassada a quadra natal�cia, v�o ser retomados os trabalhos de requalifica��o, correspondentes � �ltima fase das obras.  

Assim, de acordo com o Departamento de Obras da C.M. Gaia, os referidos trabalhos ir�o ter o seu rein�cio na pr�xima 5.� feira, 11 de Janeiro, pelo que, aproveitamos para lhe apresentar as mais sinceras desculpas por todas as anomalias que as mesmas lhe possam vir a ocasionar.  

Pretendemos requalificar, o mais breve quanto poss�vel, a rede vi�ria da freguesia, para isso contamos com a necess�ria colabora��o dos moradores, ainda que, e disso n�o temos d�vidas, com evidentes sacrif�cios da sua parte.  

Canidelo vai mudando de imagem e a sua Junta de Freguesia e a C�mara Municipal est�o empenhadas nessa melhoria de qualidade de vida mas, para isso, contamos com a sua compreens�o.  

Renovando o pedido de desculpas, subscrevemo-nos com considera��o  

O Presidente da Junta  

Fernando Andrade

Cemit�rio - concess�o de terreno


Encontra-se aberto concurso p�blico para a concess�o de terreno para a constru��o de nove JAZIGOS DE DOIS COVATOS, no Cemit�rio de Chouselas, freguesia de Canidelo, concelho de Vila Nova de Gaia, sendo de 2.400,00 � (dois mil e quatrocentos euros) o valor base de licita��
o.

....
Ler Edital



Dezembro de 2006 

Em Canidelo, num Lugar perto de si

Ver cartaz 


ESIC



Encontro 

17 / NOV / 06, 
15;00 horas


A CI�NCIA, O PODER E OS RISCOS: NOVOS DESAFIOS E AMEA�AS DE UMA SOCIEDADE EM REDE, 

por TCor Tm 
(Eng) Paulo Fernando Viegas Nunes
tudo relacionado com cultura...coordena��o:  Dra Joana F�lix 

- Org. Id�lia Carrasqueiras Filosofia

Inscri��es em www.esic.pt  ou atrav�s do Dr Agostinho Guedes

CANIDELO NA HIST�RIA



Confer�ncia 
Dr. Francisco Barbosa da Costa
,
ilustre historiador das terras de Gaia e investigador.

16 DE NOVEMBRO
15 HORAS, 
NA ASSOCIA��O RECREATIVA DE CANIDELO

Organiza��o: 
O N�CLEO �CLIO EM EST�GIO� DA ESCOLA SECUND�RIA IN�S DE CASTRO



 RECOLHA DE SANGUE
 
Instituto Portugu�s de Sangue 

na Escola Secund�ria
In�s de Castro


17 / Novembro  
09:00 �s 12:30.

Elei��es gerais para os �rg�os das autarquias locais a 9-Outubro-2005 - SAIBA MAIS!

MONOGRAFIA DE CANIDELO


Apresenta��o P�blica Apresenta��o P�blica 

 Dia 28 Julho      21,30 horas

VER AQUI

 

EDITAL

Concurso p�blico para a concess�o de terreno para a constru��o de vinte JAZIGOS DE DOIS COVATOS, no Cemit�rio das Chouselas ...

INFORMA��O INSTITUCIONAL



Relat�rio de Gest�o - Ano 2005

Informa��o Trimestral 
    - 1.� Trimestre 2006

Op��es do Plano - ano de 2006


GRANDE PR�MIO LITERATURA CANIDELO

Regulamento 

 

1.� CONCURSO DE FOTOGRAFIA DE CANIDELO

1.� FORUM DA JUVENTUDE DE CANIDELO

EDITAL DA ASSEMBLEIA DE FREGUESIA

Sess�o Ordin�ria da Assembleia de Freguesia, no pr�ximo dia 30 de Junho de 2006, pelas 21,00 horas ... 

EDITAL

RUI TEIXEIRA ALVES, Dr., Presidente da Assembleia de Freguesia de Canidelo, nos termos do n� 3 do art� 84 da Lei n�. 169/99, de 18/09, com as altera��es dadas pela Lei n� 5-A/2002, de 11/01, FAZ SABER que se realiza a 2� reuni�o da Sess�o Ordin�ria da Assembleia de Freguesia, iniciada a 28 de Abril de 2006, no pr�ximo dia 10 de Maio de 2006, pelas 21,00 horas no edif�cio sede da Junta de Freguesia e com a seguinte 

ORDEM DE TRABALHOS 

1.   Interven��o do P�blico

2.   Per�odo de Antes da Ordem do Dia

3.   Ordem do Dia  

  1. Discuss�o e vota��o das actas das sess�es anteriores (*)  

  2. Discuss�o e vota��o do Relat�rio de Gest�o e Conta de Ger�ncia de 2005  

  3. Discuss�o e vota��o da 1� Revis�o das Grandes Op��es do Plano e do Or�amento para o ano de 2006   

  4. Aprecia��o e avalia��o do Invent�rio  

4.   An�lise da situa��o da CSSTCMS Gaia

5.   Informa��o o Presidente do Executivo  

Canidelo, 2006/Maio/04

O PRESIDENTE DA ASSEMBLEIA DE FREGUESIA

a) Rui Teixeira Alves, Dr.

EDITAL 

RUI TEIXEIRA ALVES, Dr., Presidente da Assembleia de Freguesia de Canidelo, nos termos do art� 6� do Regimento da Assembleia de Freguesia, FAZ SABER que MANUEL FRANCISCO DE OLIVEIRA GON�ALVES eleito pela lista do Partido Socialista - PS para a Assembleia de Freguesia, renunciou ao mesmo em 04 de Dezembro de 2005. 

 

Canidelo, 2005/Dezembro/28

O PRESIDENTE DA ASSEMBLEIA DE FREGUESIA 

a) Rui Teixeira Alves, Dr.  

EDITAL 

RUI TEIXEIRA ALVES, Dr., Presidente da Assembleia de Freguesia de Canidelo, nos termos do art� 6� do Regimento da Assembleia de Freguesia, FAZ SABER que AM�RICO VOLUNT�RIO DE OLIVEIRA BAPTISTA eleito pela coliga��o Gaia na Frente � PPD/PSD � CDS/PP para a Assembleia de Freguesia, renunciou ao mesmo em 31 de Outubro de 2005. 

 

Canidelo, 2005/Dezembro/28

O PRESIDENTE DA ASSEMBLEIA DE FREGUESIA 

a) Rui Teixeira Alves, Dr.  

EDITAL 

RUI TEIXEIRA ALVES, Dr., Presidente da Assembleia de Freguesia de Canidelo, nos termos do n� 3 do art� 84 da Lei n�. 169/99, de 18/09, com as altera��es dadas pela Lei n� 5-A/2002, de 11/01, FAZ SABER que se realiza a 2� reuni�o da Sess�o Ordin�ria da Assembleia de Freguesia, iniciada a 28 de Dezembro de 2005, no pr�ximo dia 13 de Janeiro de 2006, pelas 21,00 horas no edif�cio sede da Junta de Freguesia e com a seguinte 

ORDEM DE TRABALHOS

1.   Interven��o do P�blico  
2.   Per�odo de Antes da Ordem do Dia

3.   Ordem do Dia

      a) Discuss�o e vota��o das actas das
          sess�es anteriores
(*)
      b) Discuss�o e vota��o do Regimento
          da Assembleia de Freguesia


4.   Informa��o do Presidente do Executivo
5.   Discuss�o e vota��o das propostas das Op��es Plano e Or�amento para 2006

(*) � Este ponto poder� ser apreciado em todas as reuni�es 

Canidelo, 2006/Janeiro/20 

O PRESIDENTE DA ASSEMBLEIA DE FREGUESIA 

a) Rui Teixeira Alves, Dr.

EDITAL 

RUI TEIXEIRA ALVES, Dr., Presidente da Assembleia de Freguesia de Canidelo, nos termos do n� 3 do art� 84 da Lei n�. 169/99, de 18/09, com as altera��es dadas pela Lei n� 5-A/2002, de 11/01, FAZ SABER que se realiza a Sess�o Ordin�ria da Assembleia de Freguesia, no pr�ximo dia 
28 de Dezembro de 2005
, pelas 21,00 horas no edif�cio sede da Junta de Freguesia e com a seguinte 

ORDEM DE TRABALHOS

1.   Interven��o do P�blico

2.   Per�odo de Antes da Ordem do Dia


3.   Ordem do Dia
      a)     Discuss�o e vota��o das actas das sess�es anteriores
(*)
      b)     Discuss�o e vota��o do Regimento da Assembleia de Freguesia


4.   Informa��o do Presidente do Executivo

5.   Discuss�o e vota��o das propostas das Op��es Plano e Or�amento para 2006

(*) � Este ponto poder� ser apreciado em todas as reuni�es 

Canidelo, 2005/Dezembro/20 

O PRESIDENTE DA ASSEMBLEIA DE FREGUESIA 

a) Rui Teixeira Alves, Dr.

EDITAL

Fernando Jorge Dias Andrade, Presidente da Junta de Freguesia de Canidelo, de acordo com o estabelecido pela Lei 169/99, de 18 de Setembro, com as altera��es introduzidas pela Lei 5-A/2002, de 11 de Janeiro, faz saber que o Executivo, na sua reuni�o de 2 de Novembro de 2005, deliberou que a Reuni�o Ordin�ria do Executivo (p�blica) se realizar� na primeira ter�a-feira de cada m�s.

Mais informa que, se a mesma coincidir com um feriado, a reuni�o p�blica ter� lugar na semana seguinte.
 

Canidelo, 03 de Novembro de 2005 

O Presidente da Junta
Fernando Andrade

 

CONCURSO P�BLICO 
para a concess�o da explora��o do 
ESTABELECIMENTO DE VENDA DE FLORES E CERA
 
no Cemit�rio do Meiral desta freguesia.

- EDITAL
- Programa do Concurso
- Caderno de Encargos

EDITAL 

Fernando Jorge Dias Andrade, Presidente da Junta de Freguesia de Canidelo, Vila Nova de Gaia, torna p�blico:

Em cumprimento da delibera��o tomada por esta Junta em reuni�o realizada em 02/11/2005, faz saber que se encontra aberto CONCURSO P�BLICO para a concess�o da explora��o do ESTABELECIMENTO DE VENDA DE FLORES E CERA no Cemit�rio do Meiral desta freguesia.

O Programa do Concurso encontra-se � disposi��o dos interessados a partir da presente data, na Secretaria da Junta, durante o hor�rio de expediente e no site www.canidelo.net.

Os interessados devem dirigir proposta em carta fechada � Junta, at� �s 16h00 do dia 09/12/2005.

A abertura das propostas ser� no dia 13/12/2005, pelas 18h00 no edif�cio sede da Junta.

Para constar e para os devidos efeitos se publicam este an�ncio e outros de igual teor.

Canidelo, 07/11//2005

O Presidente da Junta

CEMIT�RIO DO MEIRAL
FREGUESIA DE CANIDELO 

PROGRAMA DO CONCURSO 
PARA EXPLORA��O 
DO ESTABELECIMENTO DE VENDA DE FLORES E CERA

 

  1. No dia 13/12/2005, designado nos an�ncios publicados, vai proceder-se � abertura das propostas para arremata��o da concess�o em t�tulo, a levar a efeito em conformidade com o caderno de encargos anexo a este programa.

  2. Cada proposta dever� ser fechada num primeiro envelope mencionando exteriormente: Proposta para a concess�o da explora��o do estabelecimento de venda de flores e de cera.

  3. As propostas, ap�s o procedimento descrito no ponto anterior, dever�o ser introduzidas num segundo envelope a enviar pelo correio sob registo ou a entregar em m�o na Junta de Freguesia de Canidelo (doravante JFC) contra comprovativo, com a indica��o de: Concurso para a concess�o da explora��o do estabelecimento de venda de flores e de cera.

  4. O prazo de recep��o das propostas termina pelas 16h00 do dia 09/12/2005.

  5. Aos concorrentes � facultado pedir esclarecimentos antes de se iniciar a abertura dos envelopes exteriores contendo as propostas, por�m, uma vez iniciada a abertura das propostas n�o ser�o permitidas quaisquer observa��es ou pedido de esclarecimentos.

  6. Se entre as propostas apresentadas houver duas ou mais de igual e de maior valor, procede-se, de imediato, � licita��o verbal entre os respectivos concorrentes, sendo de 20,00� o valor m�nimo de cada lan�o. Ser� eliminado do concurso o concorrente que se recuse a licitar ou que, n�o sendo o proponente, n�o se encontre habilitado a represent�-lo em todos os actos do concurso.

  1. A JFC reserva o direito de decidir pela proposta que entender ser a mais conveniente aos seus interesses, mesmo que n�o corresponda � proposta de maior valor, e o direito de n�o fazer a adjudica��o se assim o entender.

  2. A abertura das propostas ser� feita no Edif�cio sede da JFC, no dia 13/12/2005, pelas 18h00m.

 

Canidelo, 09/06/2005 

O Presidente da Junta

 

CEMIT�RIO DO MEIRAL
FREGUESIA DE CANIDELO 

CADERNO DE ENCARGOS
PARA A CONCESS�O DA EXPLORA��O
DO ESTABELECIMENTO DE VENDA DE FLORES E CERA 

  1. O presente contrato tem por finalidade a concess�o da explora��o do estabelecimento de venda de flores e de cera, sito no Cemit�rio do Meiral desta freguesia, compreendendo tal explora��o a venda de flores, arranjos florais, ceras e demais artigos conexos com aqueles.

  2. O estabelecimento concessionado tem a �rea destinada � venda ao p�blico de 8 m2, acrescido de outros 8 m2, destinados a armaz�m.

  3. Os servi�os prestados dever�o assegurar o bom funcionamento do espa�o concessionado, zelando o concession�rio pela sua limpeza e arruma��o, garantindo uma imagem de qualidade e bom nome.

  4. O contrato de concess�o da explora��o ter� o prazo de um ano, com in�cio no dia 1 de Janeiro de 2006 e termo em 31 de Dezembro de 2006, podendo renovar-se, no m�ximo de quatro vezes, por iguais per�odos.

  5. A renova��o do contrato n�o opera automaticamente devendo o concession�rio expressamente declarar essa vontade � Junta de Freguesia de Canidelo (doravante, JFC), atrav�s de carta registada ou protocolo, a remeter com sessenta dias de anteced�ncia relativamente ao termo do prazo que se encontrar em curso.

  6. Na primeira renova��o, o valor da concess�o para o per�odo seguinte ser� actualizado por acordo entre a JFC e o concession�rio, a realizar nos quinze dias seguintes � recep��o da declara��o mencionada no n�mero anterior.

  1. Nas renova��es posteriores o valor da concess�o ser� actualizado automaticamente pela aplica��o da taxa de infla��o publicada pelo Instituto nacional de Estat�stica.

  2. A JFC pode, por�m, opor-se � renova��o do contrato de concess�o com fundamento no incumprimento ou no cumprimento defeituoso por parte do concession�rio das obriga��es decorrentes do contrato de concess�o.

  3. O valor base m�nimo para licita��o � de 150,00� (cento e cinquenta euros) mensais, acrescido de IVA � taxa legal.

  4. No acto da celebra��o do contrato de concess�o ser� pago o montante devido pelo primeiro m�s do contrato, sob pena de nulidade da adjudica��o.

  5. O valor da concess�o ser� pago mensalmente, antecipadamente, at� ao dia 3 do m�s a que respeitar.

  6. O concession�rio obriga-se a instalar no local todo o material, equipamento e mercadorias, necess�rios ao desenvolvimento da sua actividade.

  7. Constituem obriga��es do concession�rio:

a)   Manter o estabelecimento aberto 365 dias por ano, com obedi�ncia ao hor�rio de abertura e fecho a que obedece o cemit�rio, o qual �, actualmente o seguinte: Hor�rio de Ver�o: Segunda a Sexta das 09h00 �s 18h00, S�bado das 8h30 �s 18h30, Domingos e feriados das 8h30 �s 12h00; Hor�rio de Inverno: Segunda a Sexta das 09h00 �s 17h00, S�bados das 8h30 �s 17h30, Domingos e Feriados das 8h30 �s 12h00.

b)   O concession�rio est� sujeito e obriga-se ao cumprindo das altera��es de hor�rio de funcionamento que o cemit�rio possa sofrer.

c)   Zelar pelo bom estado de conserva��o e limpeza das instala��es e respectivos equipamentos e utens�lios.

d)   Manter o estabelecimento provido das mercadorias indispens�veis � satisfa��o dos utentes e � oferta de um servi�o de qualidade;

e)   Exigir, quer dos seus colaboradores, quer de si pr�prios, um comportamento digno e respeitador e uma postura asseada.

  1. O concession�rio poder� realizar benfeitorias no local, desde que autorizados por escrito para o efeito, no entanto, as mesmas passar�o a integrar o objecto do contrato, n�o podendo ser exigida � JFC qualquer indemniza��o ou compensa��o correspondente ao valor das mesmas, sendo estas, para todos os efeitos tidas como liberalidades.

  2. No final do contrato realizar-se-� novo concurso p�blico, sendo reconhecido ao concession�rio anterior direito de prefer�ncia desde que, cumulativamente:

    a)   O contrato tenha sido sucessivamente renovado, tendo durado pelo seu prazo m�ximo permitido;

    b)     O concession�rio tenha sempre cumprido pontualmente as suas obriga��es.

  3.  Findo o contrato o concession�rio dever�, no prazo de 15 dias retirar das instala��es todos os equipamentos, materiais, utens�lios e outros de sua perten�a.

  4. No mesmo prazo dever� entregar � JFC as chaves das instala��es livres de pessoas e bens.

  5. Findo o prazo convencionado na al�nea 12. sem que tais obriga��es se mostrem cumpridas poder� a JFC, de imediato e independentemente de qualquer interpela��o ao concession�rio, alterar todas as fechaduras de entrada, presumindo-se corresponder � vontade do concession�rio abandonar tudo quanto deixou nas instala��es ficando expressa contratualmente a concord�ncia com tal procedimento e bem assim a autoriza��o � JFC para proceder com tais coisas como entender, nomeadamente, fazendo-as suas ou destrui-las, de acordo com a sua vontade.

  1. A JFC poder� resolver imediata e automaticamente o contrato de concess�o de explora��o verificado o n�o cumprimento por parte do concession�rio das obriga��es decorrentes do contrato.

Canidelo, 7 de Novembro de 2005. 

O Presidente da Junta


 

 



 © Copyright AJF.COM 2004-2006, All Rights Reserved